22 de Maio – Dia do Abraço

“O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço” a música da Banda Jota Quest, composta pela escritora Martha Medeiros, define de uma forma simples a sensação de segurança e afeto que um abraço proporciona. Uma forma de demonstrar gratidão, matar a saudade e até mesmo fazer as pazes com alguém querido. Uma sensação de aconchego que enche o peito de alegria, um espaço no mundo onde nos sentimos amados, o que para nós é muito importante. 

 

Mas você sabe como surgiu o dia do abraço? Esse dia foi criado por uma situação interessante para pensarmos o quanto as nossas relações sociais são importantes. Em 2004, Juan Mann vivia em Londres e por diversas dificuldades resolveu voltar ao seu país. Chegando em Sidney, sua cidade natal, desembarcou no aeroporto e não havia ninguém para recebê-lo. Segundo ele, tudo que tinha era uma mala de roupas, um mundo de problemas e agora sentia falta de um abraço acolhedor. 

 

Diante disso, sua ação foi criar um cartaz com a expressão Free Hugs (abraço grátis) que gerou uma movimentação comovente na cidade até atingir um famoso músico que lhe chamou para fazer um videoclipe que viralizou fazendo a data se popularizar mundo afora. O que é ótimo! 

 

Um abraço tem grande importância para a saúde podendo auxiliar no alívio do estresse, pois liberamos um hormônio chamado ocitocina responsável pelo bem-estar emocional e também liberando substâncias analgésicas reduzindo até dores físicas.  

 

Em tempos pandêmicos, os abraços se tornaram mais raros e por isso precisamos readaptar algumas situações onde os afetuosos abraços foram substituídos por ações como a escuta atenta, olhares cuidadosos e palavras carinhosas.  

 

Sabemos que o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço, esse dia nos mostra não apenas a sua importância como gesto, mas também nos faz refletir sobre o quanto precisamos do outro em nossas vidas, o quanto podemos demonstrar e receber afeto e o mais importante de tudo, é gratuito e capaz de transformar o dia de alguém. 

Cristiane Back 💚

Psicóloga