A importância do brincar para desenvolvimento da criança na sua formação.

Esse artigo tem como  intuito demonstrar que o brincar é uma atividade de grande importância para a vida das crianças e auxilia em seu desenvolvimento, os levando a serem sujeitos mais atentos, dinâmicos e sociáveis.

 

Essa abordagem sobre as influências das brincadeiras, jogos e brinquedos tem como princípio auxiliar na construção de conhecimentos tais como: valores morais, colaborando nos aspectos motores, físicos, cognitivos.

 

Assim, em contato com as brincadeiras diferenciadas a criança terá oportunidade de vivenciar as etapas do desenvolvimento de suas potencialidades de forma mais plena e eficaz, proporcionando o refinamento das aptidões naturais, sejam elas físicas ou mentais, estimulando sua imaginação, auto expressão, levando-as a estabelecer relações e associações, bem como procurar soluções para conflitos sociais e pessoais.

 

A brincadeira é, pois, uma atividade característica ao ser humano e indispensável na infância por estar presente em tudo que a criança faz, sendo, portanto, um dos dispositivos mais importantes dos quais utiliza no processo de aquisição do conhecimento de mundo e na aprendizagem em geral. Essa perspectiva veio à tona por meio de uma nova visão que muda o modo como a criança foi vista em relação ao aprendizado mundo que a cerca ao longo dos anos.

 

Para Vigotski (2007) na abordagem histórico-cultural, brincar é satisfazer necessidades como realização de desejos que não poderiam ser imediatamente satisfeitos. O brinquedo seria um mundo ilusório, em que qualquer desejo pode ser realizado.

 

 A questão da importância do brincar leva aos educadores uma perspectiva de reflexão coletiva, levando em conta as possibilidades de desenvolvimentos da criança a partir da inserção de uma prática pedagógica sistematizada na ludicidade dentro da escola.

 

Conhecimentos do corpo e seus limites: atividades que intentem o desenvolvimento evolutivo do equilíbrio, força, velocidade, resistência, coordenação, flexibilidade, sensação física e possibilidade de identificar de limites e potencialidades do corpo, o brincar das crianças uma com as outras as desenvolvem como seres sociais, que pensam que possuem atitudes, que geram capacidades, que desenvolvem novas habilidades de descobertas do mundo.

 

 Assim uma reflexão de que a importância do brincar tenhamos consciência que não se resume numa simples transmissão de conhecimentos e devem desta maneira intervir, no sentido de promover o desenvolvimento do processo psicológico pelos quais o conhecimento é adquirido estimulando desde sua formação inicial, dando-lhe condição de utilização desse instrumento facilitador de aprendizagem.

 

Rubia Mara 💚

Professora Infantil 1