Alfabetização e letramento

Alfabetização e letramento

Vários desafios são enfrentados diariamente na sala de aula pelo professor alfabetizador.

Há muitos desafios em relação ao processo alfabetizador que precisa de meios e técnicas inovadoras que possibilitam ao aluno fácil entendimento e compreensão. Para que o trabalho pedagógico aconteça de maneira efetiva, o processo de construção do conhecimento se dá a partir de um ensino de qualidade. O questionamento que surge a partir destas reflexões é: Como saber se o aluno está alfabetizado e letrado?

O professor deve estar ciente de que há alunos que estão no processo, outros estão alfabetizados e letrados, pois compreendem e interpretam o meio em que estão, seja leitura, escrita, imagens, etc. Outros estão apenas alfabetizados, sabem ler, escrever, porém ainda não consegue entender, interpretar o que está acontecendo.

Encontrar caminhos para a compreensão sobre o papel do professor alfabetizador e reconhecer as limitações dos alunos é compromisso com cada indivíduo, que tem participação efetiva no meio inserido.

Ensinar é levar o outro a compreender, interpretar o mundo conforme suas vivências e experiências. Pois ensinar é proporcionar oportunidades de novos conceitos. No contexto de alfabetização e letramento precisam ser trabalhados métodos de ensino diversificados, pois assim, o professor poderá perceber qual a melhor maneira de o aluno conseguir compreender, entender o que está sendo ensinado.

Quando um aluno entra para a escola está repleto de curiosidades e disposição para aprender a ler e escrever. O professor precisa considerar e se apropriar da bagagem que esta criança traz consigo e tem curiosidade de compartilhar.

O professor precisa agir como mediador do conhecimento, criando condições ao aluno de dialogar, utilizando os conhecimentos prévios dos discentes, pois, nem sempre estar alfabetizado é estar letrado. A criança está letrada a partir do momento que ela passa a ter a compreensão de mundo, passa entender, dar sentido a tudo que está a sua volta.

Assim, é preciso que os professores possam contar com meios inovadores e tecnológicos, de ensino. Levando os educandos a conhecer novos conceitos, ter compreensão e visão de mundo, falar com autonomia e clareza, entendendo tudo o que está acontecendo.

Ensinar é isto sim, levar o outro a viver  novos conceitos e incorporá-los aos anteriores. (LENNA, 2012, p.55)

 

Professora: Jeisiane C. R. Barbosa